Antes, eu me achava uma pessoa inútil

Antes, eu


- me achava uma pessoa inútil, por causa do meu medo de dirigir. Achava que não tinha capacidade de enfrentar o medo. Deixava de fazer diversas coisas, como por exemplo, ir à casa de amigas, pois não queria pedir sempre que meu esposo me levasse. Gastava sempre em táxi ou deixava de sair e isso me deixava bastante desconfortável. Incomodava-me muito, também, o fato de já ter carteira de habilitação e não poder usá-la, tanto que nem a levava comigo.


Atualmente, eu


- não me vejo sem a possibilidade de pegar o carro e ir onde eu quiser. Além da capacidade de dirigir percebi que tenho habilidades em outras áreas também. Não me preocupo mais em como será que terei que fazer para ir à faculdade ou ir trabalhar se meu esposo, ou outra pessoa, não puder me levar. Hoje tenho orgulho de dizer que fiz terapia para vencer o medo de dirigir, e somente por isso agora eu dirijo POR TUDO. Dou a minha palavra, se você tiver força de vontade, primeiro para assumir seus medos e procurar ajuda, com certeza terá o retorno esperado. Hoje sou uma pessoa mais confiante em tudo que faço, minha auto-estima foi lá para cima e aconselho a todos que tiverem dificuldades, sejam lá quais forem, procurem ajuda.


Autor/ cidade
Bianca Ritter Petry
e-mail: bibi.ri@bol.com.br
/ Novo Hamburgo

Fonte
Site Márcia Copetti






Voltar