Eu era mais agitada

Antes, eu


- era mais agitada, tinha a filha pequena, marido e trabalho para dar conta.

Sou otimista. Sempre quis crescer pessoal e financeiramente.

Tinha a vida social movimentada, muitos amigos, famí­lia grande, pouco tempo para mim.

Mas, não tinha o que reclamar, pois gosto de agito.
Meu trabalho sempre me ocupou muito, seis dias por semana.
Tinha muitos planos para o futuro, programando sempre tudo.

Comandando a família, os negócios, a casa...


Atualmente, eu


- ainda sou otimista, continuo com as mesmas idéias.

A vida social mudou e muito, depois da separação sobrou mais tempo para mim.

São novas amizades, o trabalho dobrou, não tenho medo do futuro.

Estou bastante resistente quanto as coisas que quero, como crescer pessoal e financeiramente, só que com mais qualidade de vida.

Hoje sou ainda mais dona de mim.

Nunca esquecendo de cuidar da filha, tanto do futuro quanto da educação.

Hoje tenho mais tempo para pensar.

Espero continuar na ativa, com crise ou sem.

Não me vejo parando, porque acho que agora estou me encontrando, caminhando para uma nova fase da vida.

Não nego que me sinto só, mas continuo otimista como antes, já consigo fazer mais sem consultar os outros e me sinto ainda mais corajosa, dirijo bem minha vida quanto o carro que me trouxe liberdade e mais comodidade...

tenho muito a alcançar, mas um dia chego lá¡.

Vejo mais luz no fundo do poço.

Hoje me dou conta de quando no início da terapia, tu disseste que eu não me transformaria em outra pessoa.

Agora, eu me sinto diferente, mas sou a mesma pessoa, porém mais segura, pois foi perdendo, que ganhei: independência, humildade, coerência e paciência. Estou mais dona de mim.


Autor/ cidade
Susana / n/a

Fonte
n/a






Voltar