-- Temas Acadêmicos de Psicologia --

- Aqui estão alguns Temas do mundo da psicologia,
que podem ser úteis para qualquer pessoa.



- Artigos:

-Acupuntura: Tratamento natural, milenar e científico.
-Alimentação: fracione, organize, equilibre!
-Ansiedade
-Ansiedade de Desempenho no Esporte
-Ansiedade de desempenho no vestibular
-Ansiedade e medo de dirigir
-Ansiedade e Terapia Cognitivo-Comportamental
-Assertividade
-Colecionismo
-Como iniciar uma conversação?
-Como lidar com a raiva
-Compulsão ao Jogo
-Depressão não é só Tristeza
-Disfunções Sexuais
-Efeitos das Emoções Positivas
-Felicidade
-Felicidade Autêntica
-Mas, o que é auto-estima?
-Medo de Voar de Avião
-Medo do tratamento Odontológico
-Nutricionista Adriana Lauffer
-O Medo de Errar
-Perdoar faz bem
-Perfeccionismo: escravidão pela perfeição e oposição à  frustração
-Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)
-Transtorno do Comer Compulsivo
-Tratamento do Tabagismo
 

- Artigos:

- >Efeitos das Emoções Positivas -

->Muito se houve falar em matéria de saúde sobre as emoções negativas e seus efeitos.

E as emoções positivas? Quais seus efeitos?

Em estudo, Barbara Fredrickson (The value of positive emotions. American Scientist, 2003) encontrou que as emoções positivas desempenham um importante papel, além do de promover o bem-estar.

Quando nos encontramos em um estado positivo de espírito, nos tornamos mais agradáveis aos olhos do outro, sendo assim, aumentamos a probabilidade de amizade, de amor e das uniões se solidificarem.

Dentre os principais efeitos das emoções positivas, destacam-se em níveis:

Social: Favorecem sentimentos de cooperação, compaixão e empatia. Salvam de comportamentos agressivos.

Cognitivo: Melhoram nossa maneira de pensar e de resolver problemas.

Físico: O cultivo do altruísmo - do amor ao próximo e da gratidão - possui uma resposta a nível fisiológico, inclusive com benefício cardíaco.

Descarte pensamentos negativos, como mágoas, desentendimentos, empreendimentos que falharam, pois esses sentimentos são pesados demais para serem arrastados por uma vida toda. Pratique o bem, coopere, busque entender e se colocar no lugar do outro.

Busque compreender a si mesmo, fale assertivamente quando se sentir agredido de alguma forma. Manter a tranquilidade, compreender o que você pretende transmitir ao outro, falar de maneira e na hora adequadas, assim como saber ouvir, são ótimos elementos para colocar-se perante as dificuldades de relacionamentos.

Pratique a gratidão e o perdão. Saiba agradecer aos outros, até mesmo a si.

Perdoe o outro e saiba perdoar-se também, já que todos nós somos passíveis a erros.

Pratique atividades físicas. O exercício corporal libera no cérebro substâncias que proporcionam sensação de paz e tranqüilidade Essas substâncias são endorfinas, que são os neuromediadores ligados à gênese do bem-estar e do prazer.

Trabalhe sua espiritualidade, independentemente de religiões.

Autor/ Fonte
Psicóloga Paula G. Kubo / CRP-06/102299 / 05/08/2011






Voltar